Faz Sentido

Tempo de redescobrir, renovar e cultivar a nossa fé em Cristo Ressuscitado que nos pode chamar individualmente a agir em seu nome.

Bem-vindo ao Faz Sentido

Seminário Maior

NOTÍCIAS

O “Caminho da Cruz” passa por Cardielos – Viana do Castelo

"Via Crucis (que significa "caminho da cruz"), ou Via-Sacra como nós conhecemos é o trajeto seguido por Jesus carregando a cruz, que vai do Pretório até o Calvário."

O “Caminho da Cruz” passa por Cardielos – Viana do Castelo

O “Caminho da Cruz” passa por Cardielos – Viana do Castelo

Oração

17 de Abril de 2018

Via Crucis (que significa "caminho da cruz"), ou Via-Sacra como nós conhecemos é o trajeto seguido por Jesus, carregando a cruz, que vai do Pretório até o Calvário.

Via-Sacra faz parte das tradições mais acarinhadas pelos católicos, sobretudo durante a quaresma. É um exercício espiritual – e, em alguns casos, também físico – que ajuda quem o faz a reviver a paixão e morte do Senhor Jesus, acompanhando Aquele que deu a vida pela humanidade e aprendendo d’Ele o “caminho da cruz”, o caminho de todos os homens e mulheres, mais ainda de todos os cristãos.

O exercício da Via Sacra consiste em que os fiéis percorram mentalmente a caminhada de Jesus a carregar a Cruz desde o pretório de Pilatos até o monte Calvário, meditando simultaneamente a Paixão do Senhor. Compreende quatorze estações ou etapas, cada uma das quais apresenta uma cena da Paixão a ser meditada pelo discípulo de Cristo. Tal exercício, muito usual no tempo da Quaresma, teve origem na época das Cruzadas (séculos XI/XIII): os fiéis que então percorriam na Terra Santa os lugares sagrados da Paixão de Cristo, quiseram reproduzir no Ocidente a peregrinação feita ao longo da Via Dolorosa em Jerusalém. O número de estações ou etapas dessa caminhada foi sendo definido paulatinamente, chegando à forma atual, de quatorze estações, no século XVI.

Foi com este espírito de oração que a comunidade do Seminário Conciliar de Braga, que envolve seminaristas de Braga e de Viana do Castelo, se propôs a realizar uma Via Crucis, no passado dia 25 de Março, no Monte de S. Silvestre, em Cardielos – Viana do Castelo.

O dia começou com uma visita cultural ao Museu do Traje, em Viana do Castelo, seguindo-se o encontro na Igreja Paroquial de Cardielos para rezar a oração da Hora Intermédia e, como as condições climatéricas eram adversas, a Via Crucis, no interior da igreja paroquial.

Depois, foi tempo de retemperar energias e laços fraternais com um almoço convívio, seguido de um tempo de lazer, onde nem os “cantares ao desafio” faltaram.

O final da tarde trouxe a reunião à volta de outra mesa: a da eucaristia. Depois da eucaristia, seguiu-se um jantar acompanhado pelas amêndoas da Páscoa, habitualmente oferecidas pela Equipa Formadora.

Por fim, não podemos deixar agradecer toda a disponibilidade e o acolhimento que o Pe. Tiago Rodrigues, pároco local e a confraria local tiveram para com a família Seminário que muito generosamente nos fizeram sentir em casa. Um bem haja!

Pedro Antunes, 4º ano