Faz Sentido

Sementeira fértil de Deus, de que somos os rebentos crescidos em direção à luz vital!

Bem-vindo ao Faz Sentido

Seminário Maior

NOTÍCIAS

Na presença dos pais e dos seminaristas, a sessão contou com as intervenções do Pe. Mário Martins (em nome das equipas formadoras de ambos os seminários), do Sr. Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, e do convidado Fábio Pereira.

Abertura Solene das Aulas

Abertura Solene das Aulas

Abertura Solene

26 de Novembro de 2018

No passado dia 18 de novembro, domingo, realizou-se a Abertura Solene dos Seminários Arquidiocesanos de Braga, que teve lugar no Seminário Conciliar de S. Pedro e S. Paulo, envolvendo os Seminários Maior e Menor daquela diocese. Esta data coincidiu com o encerramento da Semana dos Seminários, que decorreu, este ano, em Amares.
Na presença dos pais e dos seminaristas, a sessão contou com as intervenções do Pe. Mário Martins (em nome das equipas formadoras de ambos os seminários), do Sr. Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, e do convidado Fábio Pereira. De notar ainda nesta sessão a presença do Sr. Bispo de Viana do Castelo, D. Anacleto Oliveira.
Iniciaram-se as intervenções com o Pe. Mário Martins, o qual apelou para a urgência de «uma maior maturidade do povo de Deus», na medida em que este possa «contribuir para o crescimento da Igreja numa perspetiva sinodal».
Seguiu-se a apresentação das atividades de ambos os seminários, decorridas no ano letivo 2017-2018, pelos seminaristas Manuel Matias (Seminário Menor) e Pedro Antunes (Seminário Maior).
Após esta, interveio Fábio Pereira, que expôs refleções sobre o Sínodo dos Jovens de 2018, subordinado ao tema “os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, afirmando que «o Papa pretende formar a Igreja e atualizá-la, assim como colocar Cristo no centro». Deixou ainda um conselho para os seminaristas: «Queridos seminaristas, há bem que temos que fazer», assinalando que «não basta não fazer o mal».
A sessão terminou com as palavras do nosso pastor, D. Jorge Ortiga, que nos deixou uma mensagem acerca do Programa Pastoral da diocese: «Para tecermos as comunidades acolhedoras, como queremos através do Programa Pastoral da diocese, temos que nos unir por um grande amor, amor de Jesus Cristo, vivido na sua totalidade». Referiu também a necessidade de nos abrirmos aos outros, para chegarmos a uma «espiritualidade do nós», como refere o Papa Francisco. Por fim, desafiou os seminaristas a «desenvolver as suas qualidades e colocá-las ao serviço da comunidade, sem murmurar».
Seguiu-se a Eucaristia dominical, presidida por D. Jorge Ortiga, que na sua homilia advertiu para o facto de que «encerrar a Semana dos Seminários não significa esquecer-se deles e abandoná-los».
Finalizar-se-ia o dia com o habitual jantar-convívio com os seminaristas e seus familiares.

Feliciano Pinto