Faz Sentido

É uma comunhão de pessoas que seguem um ideal: Jesus Cristo.

Bem-vindo ao Faz Sentido

Seminário Maior

NOTÍCIAS

Discípulos Missionários

Ninguém faz nada sozinho, somo seres criados em comunidade e para a comunidade, porque é das famílias e das comunidades que brotam as várias vocações da Igreja. Nas catequese e nas Eucaristias fomos dar um pouco a conhecer o que é o Seminário e para que serve o Seminário.

Discípulos Missionários

Discípulos Missionários

Semana dos Seminários

26 de Novembro de 2018

A Semana de Oração pelos Seminários é um momento caracterizado por um olhar atento e cuidadoso para esta importante realidade da vida da Igreja.
Este olhar é marcado por duas atitudes: confiança e esperança no Senhor, que continuamente chama operários para a sua messe e com o seu Espírito os alimenta e capacita para serem verdadeiros discípulos missionários de que o mundo de hoje precisa.
Nesse âmbito da Semana de Oração pelos Seminários, cujo tema deste ano é «Formar discípulos missionários», somos interpelados a construir e ser uma Igreja em “saída”, em missão, porque a Igreja é missão e todos nós somos missionários. Os Seminários Arquidiocesanos de Braga estiveram com mais incidência no arciprestado de Amares, onde fomos dar a conhecer e testemunhar o sentido da vocação sacerdotal e, também, levando aos jovens e às comunidades um pouco da nossa alegria e entusiasmo no anúncio de Jesus.
Ninguém faz nada sozinho, somo seres criados em comunidade e para a comunidade, porque é das famílias e das comunidades que brotam as várias vocações da Igreja.  Nas catequese e nas Eucaristias fomos dar um pouco a conhecer o que é o Seminário e para que serve o Seminário. Como diz a Ratio Fundamentalis Institutionis Sacerdotalis: «A ideia de fundo é que os seminários possam formar discípulos missionários, “enamorados do Mestre”, pastores com o “cheiro das ovelhas”, que vivam no meio delas para servi-las e conduzi-las à misericórdia de Deus».
Nesta semana ocorreram, também, duas vigílias de oração pelos Seminários, uma no Seminário Conciliar e outra na paróquia de Santa Maria de Bouro, no Arciprestado de Amares. Foram marcadas pelo encontro com Deus, por um desejo, como nos dizia a música “Queira eu o que Deus queres!”, mas, também, pelo envio de Jesus, «Ide e ensinai todas as nações». 
O mundo necessita de autênticos servidores da humanidade, a Igreja precisa de presbíteros bem preparados, o povo quer ver nos seus pastores verdadeiros discípulos de Jesus Cristo. Por isso, a preparação dos futuros presbíteros deve ser uma responsabilidade compartilhada por todos, mas, de forma especial, pelos seminários e seus formadores, que formam os futuros presbitérios e veem neles a certeza do seguimento à missão para a qual o Senhor os chama.

João Carlos