Faz Sentido

Tempo de redescobrir, renovar e cultivar a nossa fé em Cristo Ressuscitado que nos pode chamar individualmente a agir em seu nome.

Bem-vindo ao Faz Sentido

Seminário Maior

NOTÍCIAS

No fim, fica o desejo. Desejo de continuar, agora num espaço diferente, mas que se esgota no bem do outro. Pois, o tempo enche as coisas de poeira, mas não muda as coisas de lugar.

O desejo

O desejo

espiritualidade

08 de Janeiro de 2019

É tempo de parar, sair da rotina e reflectir. Neste sentido, entre os dias 14 e 16, toda a comunidade de seminário fez a sua habitual recoleção de Natal. Apesar da chuva, “havia silêncio, porque a mesma chuva não fazia ruído senão com sossego”.

De um modo particular, o 3º ano do seminário viajou até ao Mosteiro do Coração Imaculado de Maria, em Bande. Sob a orientação do Frei Luís, começamos este encontro com uma pequena dinâmica sobre a importância da comunicação nas relações humanas. Esta dinâmica alertou-nos para alguns problemas comunicacionais existentes nas amizades.

A mudança é um estado inerente ao ser humano, pois estamos constantemente a ser presenteados com mudanças e, nós mesmos, operamos mudanças. Agora, é importante ter consciência da positividade ou negatividade destas mudanças. Assim, cabe a cada um de nós enquanto seres de relação e como elementos do mesmo ano ajudar-nos neste reconhecimento.

Por fim, dialogamos sobre  a experiência alegre da renúncia. Alegre porque a experiência de Deus é de tal qualidade que outros valores passam para segundo plano. Não há demoras, não há condições. O tesouro, a pérola ,exigem a venda da totalidade das posses.

No fim, fica o desejo. Desejo de continuar, agora num espaço diferente, mas que se esgota no bem do outro. Pois, o tempo enche as coisas de poeira, mas não muda as coisas de lugar. O agir profundo, além de se dar nas coisas, dá-se na interioridade do homem.

Tiago Costa