Faz Sentido

Sementeira fértil de Deus, de que somos os rebentos crescidos em direção à luz vital!

Bem-vindo ao Faz Sentido

Seminário Menor

NOTÍCIAS

Encontro do CMAB com os seminaristas

No dia 10 de outubro de 2019, o CMAB (Centro Missionário Arquidiocesano de Braga) realizou um encontro com os seminaristas dos Seminários Maior e Menor. O encontro teve início com a celebração eucarística. Durante a homilia, o Pe. Bruno Nobre, falou aos seminaristas sobre o sentido da oração, destacando que ela deve ser feita com persistência e insistência: “Mesmo que às vezes não nos apeteça rezar, temos que insistir e invocar a presença do Espirito Santo que nos dará força necessária para continuar na presença de Deus, firmes e inabaláveis”. Seguiu-se o jantar fraterno e, por último, o momento de partilha sobre a experiência de vida missionária do Pe. Paulino em Pemba.

Encontro do CMAB com os seminaristas

Encontro do CMAB com os seminaristas

Testemunho Missionário do Pe. Paulino

10 de Outubro de 2019

Antes de tudo, o Pe. Vítor, reitor do Seminário, tomou a palavra, desejando boas vindas aos missionários e manifestou a sua alegria pela presença e pela coragem dos missionários em terem vivido concretamente o que está escrito: “Batizados e enviados.”

Posteriormente, a responsável do CMAB, Sara Poças, procurou refletir sobre o modo como foi vivido o ano missionário em Portugal, de maneira particular, em Braga. Perante este momento inicial, o Pe. Paulino prosseguiu o encontro falando sobre a sua experiência missionária em África, especialmente na Diocese de Pemba, onde trabalhou durante dois anos no projeto “SALAMA.” Este termo é vulgarmente e geralmente usado pelos povos, muito mais pelos macuas, para se saudarem, que traduzindo para o português é “Bom dia (olá).” Explicou algumas das atividades relativas a este projeto, tal como o constante intercâmbio entre a Diocese de Pemba e a de Braga através da cura pastoral da Paróquia de Santa Cecília de Ocua, algo que facilitou as parcerias entre a Diocese de Braga e de Pemba.

De outro modo, salientou a importância da angariação de recursos para a diocese de Pemba, assim como a divulgação do projeto de cooperação missionária entre a diocese de Braga e Pemba. Partilhando ainda mais sobre a sua experiência missionária, revelou aos alocutários as grandes dificuldades que ele enfrentou durante a sua estadia: a cultura, a língua, a distância às comunidades, a demora da eucaristia, entre outros aspetos.

Tendo enfrentado essas dificuldades, o missionário diocesano Pe. Paulino, confirmou que a missão não é somente levar a Palavra de Deus às pessoas, mas também, é olhar as necessidades do povo. Para tal, ele convidou todos a fazer parte desta vivência da fé em Deus, que nos leva a conhecer outras dinâmicas.

Autores: Yessé Raiton e Manuel Ração – Tempo Propedêutico; Fotos: Rui Machado